Posts Tagged ‘OMS’

Envelhecimento populacional avança rapidamente em países de menor renda, que têm menos tempo para se preparar para esse fenômeno

domingo, abril 15th, 2012

O envelhecimento populacional é um fenômeno global que é inevitável e previsível. Ele vai mudar a sociedade em vários níveis e de formas complexas, criando desafios e oportunidades. Por um lado, os idosos já dar um contributo significativo para a sociedade, seja através da força de trabalho formal, através do trabalho informal e voluntariado ou dentro da família. Podemos promover essa contribuição, ajudando-os a manter uma boa saúde e por quebrar as muitas barreiras que impedem a sua participação em curso na sociedade. Por outro lado, no final da vida, muitos idosos terão de enfrentar problemas de saúde e os desafios à sua capacidade de permanecer independente. Precisamos resolvê-los também, e fazê-lo de uma forma que é acessível e sustentável para as famílias e a sociedade.

O Brasil e outros países de menor renda média per capita terão bem menos tempo que as nações européias para se preparar para o envelhecimento de suas populações. O alerta é da Organização Mundial de Saúde (OMS) no estudo divulgado para marcar o Dia Mundial da Saúde – dia 7 de abril.

Clique na imagem para abrir o relatório

Para países como França e Suécia, o envelhecimento da população levou muitos anos. Hoje os países que estão enfrentando a mesma transição muito mais rapidamente. Assim, enquanto a França levou mais de 100 anos para a parcela da população com 65 anos ou mais aumentar de 7% para 14%, países como Brasil, China e Tailândia irão experimentar a mesma mudança demográfica em pouco mais de 20 anos (Figura 3). Isto dá-lhes muito menos tempo para colocar a infra-estrutura para atender as necessidades dessa população.

O principal desafio é estabelecer sistemas de saúde que consigam, efetivamente, prevenir e tratar doenças crônicas comuns na terceira idade, como problemas cardíacos, derrame, demência, perda de visão e audição.

A longevidade também será maior: em 2050, o mundo terá aproximadamente 400 milhões de pessoas com 80 anos ou mais. Cem anos antes, em 1950, esse grupo tinha só 14 milhões de pessoas.